Stakeholders

A Secção STAKEHOLDERS, demonstra por si o alcance da estratégia de divulgação e comunicação do Projeto através da promoção, consulta científica e participação das várias Entidades envolvidas na persecução de métodos supressores das desigualdades entre mulheres e homens no Ensino Superior.

Entendem-se como principais focos da aplicabilidade das estratégias emergentes deste projeto , 4 instituições publicas de Ensino Superior às quais foram apontados no plano da investigação, estudos de caso que permitam responder com diretrizes, critérios e recomendações às questões em temas de desigualdade de género associadas a práticas e crenças organizacionais e culturais e que, se concretizam na aplicação de políticas supra-definidas de igualdade de oportunidades.

Nova SBE | Universidade Nova de Lisboa

Na investigação realizada no âmbito do CaseStudy1, foram realizadas nesta IES, 10 entrevistas com participantes em funções de liderança - 3 grupos focais. Foi também realizado um Workshop no dia 8 de abril, que demarcou uma fase de análise dos resultados e conclusões emergentes da investigação sobre os principais temas e perspetivas quanto à igualdade de género e a sua promoção nessa Instituição.

Após término do período de investigação, esta IES demonstrou interesse em dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo Parceiro CIEG, manifestando vontade de avançar com propostas de mudança ao nível institucional.

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal | Instituto Politécnico de Setúbal

Na investigação ao CaseStudy2, aconteceram 7 entrevistas com participantes em funções de liderança - 3 grupos focais. Uma vez mais, decorreu online um Workshop de devolução de resultados que com elevada participação, fomentou o debate e demonstração de perspetivas sobre os vários tópicos no plano da igualdade de género e a sua promoção nessa instituição de Ensino Superior.

Da investigação levada a cabo pela Equipa CIEG/ISCSP, diferentes membros da IES alvo deste CaseStudy, entenderam a urgência em priorizar na agenda institucional, uma estratégia que permitam objetar situações de desigualdade de género em futuros projetos e medidas e iniciativas que a escola venha a planear.



Faculdade de Engenharia | Universidade da Beira Interior

No plano da investigação, o CaseStudy3 permitiu a realização de 8 entrevistas - 1 grupo focal, a com participantes em funções de liderança.

Não obstante da conclusão do CaseStudy3, a equipa de investigação encontrar-se em fase de apuramento de resultados os quais, e à imagem dos anteriores, serão brevemente apresentados à Instituição de Ensino Superior.

Faculdade de Direito e Ciência Política | Universidade Lusófona do Porto

Para o CaseStudy4, a equipa de investigação realizou contactos com a instituição selecionada para a apresentação do estudo.

Em reunião com a IES, foi nomeado/a "ponto focal” e solicitados dados sobre a IES para o prosseguimento do trabalho de investigação. Este CaseStudy será também a sua conclusão brevemente.

Outras entidades que entendem e defendem os valores inerentes ao Projeto GE-HEI, pretendem com os resultados da investigação sobre a matéria de igualdade de géneros, enfatizar a importância da partilha e transferência de conhecimentos, tecnologias e experiência, com propósito ao desenvolvimento dos seus projetos e desafios futuros, tanto a nível interno como internacional, tendo sempre em consideração os seus grupos-alvo e as características singulares de cada um.

Dessa forma, o projeto GE-HEI vê-se não só dirigido às Instituições de Ensino Superior, mas como consequência a outros potenciais beneficiários onde se poderão incluir:

  • Organizações não-governamentais;

  • Organizações europeias, associações, redes, etc;

  • Associações profissionais e empresariais;

  • Alunos do Ensino Secundário e Associações de Estudantes;

  • Cidadãos do Estado Beneficiário;

  • Cidadãos da Comunidade Local onde o projeto será implementado;

  • Intervenientes relevantes dos Estados doadores e de Portugal;

  • Potenciais entidades parceiras dos Estados Doadores e de Portugal;